LG entra na briga, criando um smartwatch e um dispositivo semelhante ao Glass

  • Stuart Ball
  • 0
  • 2615
  • 567

O smartwatch LG GD910

A LG está entrando na corrida da computação vestível com um smartwatch próprio e até mesmo um dispositivo semelhante ao Project Glass do Google.

Coincidência ou não, temos ouvido muito barulho ultimamente sobre várias empresas que estão preparando computadores vestíveis semelhantes a relógios. Os rumores começaram a girar em torno da Apple, que dizia ter uma equipe de 100 designers trabalhando em seu “smartwatch”. Como de costume, a Samsung não está muito atrás, com um executivo do mamute coreano declarando recentemente que a Samsung está trabalhando em um smartwatch “há muito tempo”. Ontem, surgiu um relatório sobre um smartwatch que a equipe Android do Google está desenvolvendo, além do já conhecido computador com head-mounted Glass.

Hoje, é a vez da LG se juntar à briga do smartwatch, ainda que não oficialmente. A fabricante coreana de eletrônicos está desenvolvendo um produto que competiria com as ofertas semelhantes da Apple e da Samsung. A informação vem de uma "fonte familiarizada com o assunto", citada pelo Korea Times. Além disso, a LG também está desenvolvendo um produto semelhante ao Glass do Google.

O desenvolvimento dos dois dispositivos vestíveis faz parte da estratégia de longo prazo da LG e representam "uma parte importante de muitos produtos atualmente não comercializados em desenvolvimento pela LG Electronics", de acordo com a fonte do relatório.

Curiosamente, quando questionada sobre o sistema operacional que alimentaria o dispositivo portátil da LG, a fonte se recusou a especificar se seria o Android ou o Firefox OS. Este último é um sistema operacional leve baseado em padrões de internet, que a LG anunciou publicamente que usará em seus dispositivos.

Quem conhece os produtos mais antigos da LG pode saber que a empresa lançou vários "relógios inteligentes" ao longo do tempo. Um exemplo é o GD910, um relógio com funcionalidade de telefone que nunca decolou. Mas o dispositivo de “próxima geração” da LG pode ser mais do que uma substituição de telefone, graças à inclusão de hardware poderoso.

Com grandes nomes como Apple, Google, LG e Samsung já divulgando seu interesse na área, está se tornando cada vez mais óbvio que os dispositivos vestíveis são a próxima grande novidade na computação. Pelo que vale a pena, a Samsung e a LG têm a vantagem de fabricar muitos dos componentes necessários para construir um smartwatch, desde telas (flexíveis ou não) a processadores.

Quem será o primeiro no mercado com um smartwatch? Poderíamos ver em apenas alguns meses.




Ainda sem comentários